9-24 Tecido nervoso

ESTRUTURA DO TECIDO NERVOSO
MEDULA ESPINHAL-2
Um corte transversal da medula espinhal mostra que a sua substância cinzenta se situa no centro – ao contrário do cérebro e cerebelo – e que sua forma em cortes lembra a de uma borboleta.
A medula é revestida pelas meninges. No entanto, na dissecção dos órgãos do sistema nervoso central, as meninges costumam ficar aderidas às superfícies ósseas que envolvem o tecido nervoso (ossos do crânio, canal vertebral) e sua estrutura completa é raramente vista em cortes histológicos.

A substância escura – ressaltada em cinza escuro – ocupa a região central da medula, envolvida pela substância branca, periférica – ressaltada em cor cinza claro. Conforme a localização dos cortes transversais da medula espinhal a substância cinzenta lembra o aspecto de uma borboleta.

O centro da substância cinzenta é percorrido por um canal denominado canal central da medula ou canal ependimário – representado pelo circulo azul. O canal contém líquido céfalo-raquidiano e se continua com a cavidade do quarto ventrículo.
Este canal é um remanescente da cavidade do tubo neural formada durante o período embrionário.
Veja um detalhe do canal na figura inferior. O canal é revestido por um epitélio simples cilíndrico ou cúbico ciliado. As setas na figura inferior indicam cílios das células desse epitélio.

Medula espinhal. Coloração: HE. Aumento: panorâmico.

Medula espinhal. Coloração: HE. Aumento: médio.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE