7-28 Tecido ósseo

DISCO EPIFISÁRIO – 5
Serão apresentadas locais do disco que se seguem aos da página anterior. São as regiões de cartilagem seriada e o início da cartilagem hipertrófica. A região a ser observada aparece destacada na imagem superior.

Imagem inferior
Zona de cartilagem seriada
É formada por condrócitos (ressaltados em vermelho) que se dividem por mitose. As células-filhas se dispõem em forma de pilhas de condrócitos, como pilhas de moedas. A matriz extracelular fica destacada em azul claro.
É possível observar modificações nos condrócitos mais distais das pilhas de condrócitos da cartilagem seriada. Na figura, são os condrócitos situados na porção inferior de cada pilha. Estes condrócitos gradativamente aumentam de volume e constituem a zona de cartilagem hipertrófica, que será estudada a seguir.

Zona de cartilagem hipertrófica
É constituída de condrócitos hipertrofiados (ressaltados em verde). Pode-se notar que à medida que os condrócitos se afastam da zona de cartilagem seriada seu volume é cada vez maior.
Com o aumento de tamanho das células, a matriz extracelular (ressaltada em azul claro) que se situa entre as células diminui de volume e os condrócitos ficam separados por septos de matriz extracelular cartilaginosa.

Disco epifisário. Coloração: HE. Aumento: médio.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE