4-35 Tecido conjuntivo

TECIDO CONJUNTIVO DENSO MODELADO – 1
Muitos órgãos são revestidos por uma cápsula que mantém os componentes do órgão unidos e protegidos de pressões mecânicas e do contato com órgãos vizinhos. É o caso, por exemplo, de glândulas salivares, de órgãos presentes na cavidade abdominal como o fígado, baço, adrenal e, além disso, em linfonodos que estão dispersos por todo o corpo, imersos em tecido adiposo ou em tecido conjuntivo frouxo.

As cápsulas são constituídas de tecido conjuntivo denso modelado. É um tecido conjuntivo que apresenta muitas fibras colágenas paralelas entre si. É diferente, portanto, do tecido conjuntivo denso não modelado, cujas fibras colágenas se dispõem em inúmeras direções. Nas cápsulas de órgãos as fibras colágenas se colocam paralelamente à superfície do órgão que revestem. Há relativamente poucas células nesse tecido, representadas principalmente por fibroblastos e fibrócitos.

A figura mostra um pequeno segmento de uma cápsula (ressaltada em azul) presente em torno de um testículo. Observe os núcleos dos fibroblastos e fibrócitos, muito delgados e paralelos às fibras colágenas.

Testículo. Coloração: HE. Aumento: grande.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE