4-25 Tecido conjuntivo

CÉLULAS TRANSIENTES – 4
Plasmócitos

Os plasmócitos são derivados de linfócitos do tipo B que durante uma resposta imunitária reconheceram antígenos e receberam instruções para se diferenciarem em plasmócitos.
São células esféricas ou ovóides, cujo citoplasma é habitualmente basófilo em virtude da presença de grande quantidade de ergastoplasma. O citoplasma está ressaltado em cinza. São células que sintetizam e secretam ativamente grandes quantidades de proteínas – as imunoglobulinas de várias classes, também chamadas genericamente de anticorpos.
Seu núcleo é esférico e normalmente excêntrico, isto é, deslocado do centro da célula. O núcleo frequentemente possui grumos grandes de heterocromatina.
Às vezes estes grumos se localizam na periferia do núcleo dando a este um aspecto que é comparado a rodas de uma carroça. A seta verde indica um desses núcleos
Outra característica muito frequentemente observada em plasmócitos é um halo mais claro entre o núcleo e o restante do citoplasma. Trata-se da região do complexo de Golgi que é muito desenvolvido nestas células devido a sua participação importante no processo de secreção de proteínas, o qual é muito intenso nos plasmócitos.
Como o aparelho de Golgi não é corado pelos corantes usuais, este halo claro é denominado “imagem negativa do aparelho de Golgi”. Várias das células da figura têm este halo junto ao núcleo, que fica ressaltado em azul escuro após clicar ou colocar o cursor sobre a imagem.
Veja plasmócitos e linfócitos também na página 12-14 e nas páginas seguintes a esta.

Infiltrado inflamatório. Coloração: HE. Aumento: médio.

Tablets e telefones celulares:
Clique sobre a figura para acessar outra imagem. Clique fora da figura para voltar à primeira imagem.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE