3-21 Tecido epitelial glandular

GLÂNDULAS ENDÓCRINAS – 1
Tipos de glândulas endócrinas

Há basicamente dois tipos de glândulas endócrinas:
Glândula endócrina cordonal – suas células se organizam formando placas de células. Estas placas têm formas diversas e são envolvidas por muitos capilares sanguíneos que recebem os produtos de secreção e os distribuem pelo corpo pela circulação sanguínea.
Glândula endócrina folicular – formada por milhares de pequenas esferas cuja parede é constituída por um epitélio simples cúbico. Essas esferas são chamadas folículos. A única grande glândula endócrina folicular do corpo é a tiroide. Nos interior dos folículos é acumulada a secreção da glândula.

Glândula endócrina cordonal
A maioria das glândulas endócrinas é deste tipo: ilhotas de Langerhans, adrenais, paratiroides, adenohipófise, corpo lúteo.

A imagem é de uma ilhota de Langerhans na qual se observam cordões de células (destacados em azul claro após mover o cursor ou clicar). Em cortes histológicos se observam cordões, porém na verdade são pequenas placas.
As placas são envolvidos por uma abundante rede de capilares sanguíneos que nesta imagem são vistos como espaços de forma irregular, vazios, e que ficam ressaltados em cor de rosa.
As ilhotas de Langerhans são milhares de pequenas glândulas que se situam no interior do pâncreas – lembrando que o pâncreas possui uma porção exócrina formada por ácinos serosos. Repare em torno da ilhota: uma grande quantidade destes ácinos, que são responsáveis pela secreção exócrina do pâncreas, já vistos anteriormente.

Pâncreas. Coloração: HE. Aumento: pequeno.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE