3-20 Tecido epitelial glandular

ORGANIZAÇÃO DAS GLÂNDULAS EXÓCRINAS
Repare que este corte de parótida tem diferentes regiões:
Uma região no canto inferior esquerdo marcada com Tecido conjuntivo. É semelhante a outra no canto superior direito, ambas ligadas por uma faixa oblíqua, que forma uma ponte entre as duas. Estas porções coradas em cor de rosa constituem a maior parte do estroma da glândula, composto por tecido conjuntivo.
Há duas regiões de coloração mais intensa, mais basófila que as anteriores, uma no canto inferior direito e a outra ocupa a maior parte da figura. Nestas regiões se situa a região da glândula encarregada de secreção. Esta região é constituída principalmente pelo parênquima da glândula.

Veja que o parênquima está dividido em porções separadas entre si, todas formadas de porções secretoras. Cada porção maior da glândula constitui um lobo. Neste corte podemos observar dois lobos. Os lobos são separados entre si por uma camada do tecido conjuntivo do estroma.
Os lobos, por sua vez, são constituídos de conjuntos menores de porções secretoras denominados lóbulos. Os vários lóbulos são separados entre si por delicadas faixas de estroma.
Três lóbulos ficam ressaltados em azul escuro após usar o cursor ou clicar.

O sistema de dutos da glândula

Nas glândulas salivares principais e pâncreas, a secreção presente na luz de cada unidade secretora é lançada inicialmente para um duto muito curto e delgado denominado duto intercalar, o qual não pode ser visto na imagem ao lado, por se tratar de um aumento muito pequeno.

Vários dutos intercalares de um lóbulo se reúnem para formar ductos intralobulares. Como seu nome indica, situam-se no interior dos lóbulos e estão marcados em verde claro após usar o mouse ou clicar.
Os dutos intralobulares se reúnem em dutos mais calibrosos situados entre os lóbulos. São chamados dutos extralobulares marcados em verde escuro. São envolvidos por quantidade maior de tecido conjuntivo.

Na porção superior direira da figura há um duto muito calibroso, de grande diâmetro, que resulta da união de vários dutos extralobulares. Está envolvido por grande quantidade de tecido conjuntivo. Seu lúmen está realçado em azul.

Parótida. Coloração: hematoxilina e eosina. Aumento: Vista Panorâmica.

Parótida. Coloração: hematoxilina e eosina. Aumento: Vista Panorâmica.

Tablets e telefones celulares:
Clique sobre a figura para acessar outra imagem. Clique fora da figura para voltar à primeira imagem.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE