3-17 Tecido epitelial glandular

TÚBULO MUCOSO E ÁCINO SEROSO
Túbulos mucosos e ácinos serosos são unidades glandulares muito comuns no organismo, dispostos em vários órgãos de diferentes sistemas.
Frequentemente os iniciantes confundem o diagnóstico de ácinos serosos com túbulos mucosos.
Compare as duas imagens para conhecer bem as diferenças entre estas duas estruturas e para permitir seu diagnóstico correto.
Os túbulos mucosos estão mostrados na figura superior e os ácinos serosos na figura inferior.

Repare nos seguintes aspectos:
Forma das porções secretoras:
túbulos mucosos – alongados, frequentemente ramificados
ácinos serosos – arredondados

Coloração das células secretoras:
túbulos mucosos – citoplasma pouco corado. Coram-se por hematoxilina em azul bastante claro.
ácinos serosos – citoplasma bem corado por eosina e também por hematoxilina se tiver ergastoplasma abundante.

Forma das células secretoras:
túbulos mucosos – células colunares ou piramidais, limites das células bem percebidos.
ácinos serosos – piramidais, limites das células nem sempre bem visíveis

Forma e posição dos núcleos:
túbulos mucosos – alongados, “apertados” contra a base da célula, cromatina densa
ácinos serosos – esféricos, cromatina frouxa, nucléolos frequentes.

Clique para comparar ácinos serosos e túbulos mucosos que se encontram lado a lado na imagem desta página.

Túbulo mucoso. Coloração: HE. Aumento: médio.

Ácino seroso do pâncreas. Coloração: HE. Aumento: médio .

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE