21-1 Aparelho reprodutor masculino

TESTÍCULO – 1
Imagem superior
Cortes de testículo se caracterizam pela presença de inúmeros túbulos seccionados em diversas posições. São chamados túbulos seminíferos.
Na maioria dos preparados histológicos de testículos se observa um artefato de técnica cujo resultado é a observação de um espaço “vazio” ao redor de cada túbulo seminífero. Estes espaços intertubulares contém tecido conjuntivo frouxo e células intersticiais – ficam ressaltados em verde ao clicar ou colocar o cursor sobre a imagem.
O testículo é envolvido por uma cápsula de tecido conjuntivo denso modelado, denominada albugínea – ressaltada em azul.

Imagem inferior
Detalhe de túbulos seminíferos.
Há vários túbulos seminíferos na imagem. As paredes dos túbulos são constituídas por várias camadas de células cujo conjunto é denominado epitélio seminífero. As paredes de dois túbulos, isto é, seus epitélios seminíferos, estão ressaltados em vermelho.
O lúmen dos túbulos está ressaltado em cor de rosa.
O espaço intersticial está ressaltado em verde.

Testículo. Coloração: hematoxilina e eosina. Aumento pequeno.

Testículo. Coloração: hematoxilina e eosina. Aumento pequeno.

Desktops e notebooks Coloque o cursor sobre a imagem.
Tablets e telefones celulares:Clique sobre a figura para acessar outra imagem. Clique fora da figura para voltar à primeira imagem.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE