2-18 Tecido epitelial de revestimento

EPITÉLIO ESTRATIFICADO PAVIMENTOSO – 3
Nesta preparação as células epiteliais ficaram um pouco afastadas entre si permitindo observar melhor suas formas. Coloque o cursor sobre a imagem para perceber como a forma das células deste tipo de epitélio varia nas diferentes camadas. Pequenas regiões de tecido conjuntivo podem ser vistas subjacentes ao epitélio. São os locais corados em azul claro, abaixo do epitélio.

Lembre-se que as células deste tipo de epitélio sofrem divisões na porção basal e se deslocam lentamente para a superfície. As células cuboides que em um momento estavam na porção basal, mais tarde estarão na superfície do epitélio e se tornarão achatadas. Esta figura permite acompanhar muito bem a transformação da forma destas células desde cuboides até pavimentosas.

Epitélio estratificado pavimentoso. Coloração: tricrômico de Mallory. Aumento: grande.


Na camada mais superficial o citoplasma das células se corou por amarelo pela técnica de coloração usada neste preparado. Isto indica que estas células estão em processo de corneificação ou queratinização.

Observe que, diferente do epitélio observado na página anterior e que tem sua superfície basal (é a superfície profunda, apoiada sobre o tecido conjuntivo) lisa, este tem a superfície basal bastante pregueada. Há uma interpenetração entre a camada de tecido epitelial e o tecido conjuntivo cujas fibras colágenas estão tingidas de azul. Este epitélio se localiza em uma área sujeita a maior atrito e as irregularidades, chamadas papilas epiteliais, aumentam a adesão da camada epitelial ao tecido conjuntivo evitando que o epitélio se solte facilmente.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE