14-3 Glândulas endócrinas

HIPÓFISE – 2
Pars distalis (lobo anterior) da adeno-hipófise
A pars distalis é uma glândula endócrina cordonal. Suas células se dispõem em cordões de forma irregular, em torno dos quais há capilares sanguíneos.
Em cortes preparados com colorações rotineiras é possível distinguir dois tipos de células: acidófilas e basófilas.
Há vários subtipos de células acidófilas e basófilas, que secretam diferentes hormônios, porém sua distinção em cortes somente pode ser feita pelo uso de técnicas especiais, como por exemplo a imuno-histoquímica.
De modo geral as células acidófilas se coram por corantes “ácidos” (p. ex.: eosina, floxina, Orange G) enquanto que as basófilas se coram por corantes “básicos” ou com comportamento “básico”, p. ex: hematoxilina, hematoxilina crômica).
A imagem representa um aumento pequeno de uma região da adeno-hipófise.
Observe a rica vascularização do órgão, observável em vermelho após passar o cursor sobre a imagem ou clicar. Alguns cordões celulares da glândula estão ressaltados após clicar

Hipófise. Coloração: hematoxilina e eosina. Aumento pequeno.

Tablets e telefones celulares:
Clique sobre a figura para acessar outra imagem. Clique fora da figura para voltar à primeira imagem.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE