11-11 Sistema circulatório

ARTÉRIAS E VEIAS DE MÉDIO CALIBRE – 1

As artérias musculares de médio e pequeno calibre têm como características importantes:
1 – calibre menor que as grandes artérias musculares.
2 – uma túnica média espessa, mais espessa que a túnica adventícia.
3 – à medida que seus diâmetro diminuem, aumenta a proporção relativa da parede. A parede fica progressivamente mais espessa em relação ao lúmen e ao diâmetro externo do vaso. A artéria apresentada na figura é um bom exemplo deste fato.
Coloque o cursor ou clique sobre a figura para observar a espessura das túnicas média e adventícia.

No aumento maior apresentado na figura inferior observe:
1 – túnica íntima delgada (em verde escuro na barra). A superfície interna da artéria aparece sinuosa, devido à contração do músculo liso da parede do vaso durante a fixação histológica. Veja a lâmina elástica interna (setas pretas), também sinuosa. É muito delgada e tem um aspecto “liso”, homogêneo e um pouco “brilhante”. Alguns núcleos de células endoteliais podem ser vistos entre a lâmina elástica e o lúmen.
2 – a túnica média (em verde de tom médio na barra) é constituída por grande quantidade de fibras musculares lisas. Podem ser reconhecidas pelos seus núcleos alongados com extremidades arredondadas, em forma de salsichas ou charutos. Núcleos de células musculares lisas contraídas têm aspecto semelhante a saca-rolhas. Alguns estão indicados por setas vermelhas. Como este corte é transversal ao vaso, as fibras musculares e seus núcleos aparecem em secções longitudinais. Significa que as fibras estão dispostas concentricamente em relação à luz.
3 – adventícia indicada pela região em verde claro da barra.

Artéria de médio calibre. Coloração: HE. Aumento: pequeno.

Artéria de médio calibre. Coloração: HE. Aumento: médio.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE