1-26 Conceitos básicos

COLORAÇÕES PARA MICROSCOPIA DE LUZ – 4
Mais sutilezas da coloração por H&E

Coloração da matriz extracelular
O material que fica entre as células -chamado matriz extracelular- também é corado pelas colorações histológicas habituais.
A composição química da matriz extracelular varia nos diversos tecidos e regiões do organismo. Se a matriz for constituída principalmente por proteínas, provavelmente será corada pela eosina e terá característica de acidofilia. Isto foi observado na página 1-24, onde as fibras colágenas estavam coradas por eosina.

A imagem da página atual é de um corte de cartilagem hialina. As células cartilaginosas são também chamadas condrócitos. São vistos em azul escuro após movimentar o mouse ou clicar. Entre os condrócitos ou entre grupos de condrócitos existe matriz extracelular.
Repare que em vez de ser acidófila (cor de rosa, corada pela eosina) como no caso da matriz rica em colágeno, a matriz da cartilagem se cora em azul-roxo pela hematoxilina e é, portanto, basófila. Isto acontece porque a matriz deste tipo de cartilagem contém muitas moléculas com grupamentos ácidos (principalmente sulfatos). Estes tem afinidade pela hematoxilina.
Ela aparece em ressaltada em azul turquesa após movimentar o mouse, envolvendo os condrócitos.
Em torno deste pequeno fragmento de cartilagem (próximo à borda esquerda e direita da figura) há matriz extracelular rica em colágeno o qual, como o colágeno de outros locais do organismo, se cora em vermelho ou rosa pela eosina e é acidófilo. Este será visto em cor de rosa após movimentar o mouse.

Cartilagem hialina. Coloração: HE. Aumento pequeno.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE