1-10 Conceitos básicos

INTERPRETANDO ESTRUTURAS PRESENTES EM CORTES HISTOLÓGICOS
O estudo de cortes histológicos é sempre um desafio. Os cortes são fatias muito delgadas de um fragmento de tecido ou órgão. Estamos observando em (quase) duas dimensões fragmentos que originalmente têm três dimensões.
Precisam ser analisados levando em consideração que:
1- cada corte é apenas uma amostra pequena de um objeto muitas vezes maior.
2- o corte não revela o que estava no interior do fragmento à frente e atrás daquele corte.
3- o corte nem sempre revela a maneira e o ângulo em que um objeto foi seccionado.

Por estas razões, deve-se sempre examinar com muita atenção os cortes ao microscópio para tentar interpretar corretamente as estruturas e saber a real organização destas estruturas.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE