1-1 Conceitos básicos

PREPARADO HISTOLÓGICO
O que é um preparado histológico?
Preparado histológico é uma lâmina retangular de vidro sobre a qual foram colocadas fatias extremamente finas de tecidos e órgãos, ou células espalhadas, ou estruturas bastante delgadas, como por exemplo, protozoários. Para proteção dos espécimes, estes são cobertos por uma delgada lâmina de vidro colada à lâmina, denominada lamínula.
Preparados histológicos permanentes são feitos para durarem muitos anos, dependendo de como foram tratados os objetos (fatias, células etc.) da lâmina.
Estas fatias medem geralmente 5 a 10 µm de espessura, isto é, de 5 a 10 milionésimos de metro.
Medidas usadas: 1 µm (1 micrômetro) = 1 milésimo de mm = 1 milionésimo de metro.
Para a obtenção de um preparado permanente, fragmentos de tecidos e de órgãos ou células costumam passar por um processo denominado fixação. Este processo é feito por meios químicos (p. ex. com formaldeído) ou físicos (p. ex. por congelação).
Fragmentos de órgãos são submetidos a vários procedimentos depois dos quais os podem ser cortados em um aparelho chamado micrótomo para obtenção das fatias que podem ser observadas em um microscópio de luz. Estas fatias são denominadas cortes histológicos.
As células, assim como os cortes de tecidos e de órgãos são quase sempre incolores e precisam ser corados para que possam ser observados em um microscópio de luz. Finalmente, os cortes são cobertos por uma lamínula de vidro para sua proteção.

Fígado. Coloração: hematoxilina e eosina (HE). Aumento médio.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: pabrahamsohn@uol.com.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE