17-1 Glândulas anexas ao tubo digestivo

PÂNCREAS – 1

Cortes histológicos de pâncreas revelam uma imagem relativamente homogênea de um tecido corado intensamente. Predomina a cor azul/violeta fornecida pela hematoxilina e se deve ao alto teor de ácido ribonucleico presente no citoplasma das células de secreção exócrina, as quais constituem a grande maioria do órgão.
O tecido do parênquima do pâncreas é bastante compacto e as sua divisões em lóbulos são muito delicadas e nem sempre perceptíveis – ressaltadas em amarelo.
O tecido do pâncreas exócrino é interrompido por estruturas esféricas ou ovoides de diversos tamanhos e de coloração menos intensa. São pequenas glândulas de secreção endócrina, denominadas ilhotas de Langerhans – ressaltadas em verde.

Lembra-se dos conceitos de parênquima e estroma – consulte sua definição no Glossário do MOL. Clique em Glossário no Menu superior de qualquer página.

Clique para recordar a estrutura das ilhotas de Langerhans.

Pâncreas. Coloração: hematoxilina e eosina. Vista panorâmica.

Desktops e notebooks – Coloque o cursor sobre a imagem.

Tablets e telefones celulares – Clique sobre a figura para acessar outra imagem. Clique fora da figura para voltar à primeira imagem.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: mol@icb.usp.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE