2-16 Tecido epitelial de revestimento

EPITÉLIO ESTRATIFICADO PAVIMENTOSO – 1
O epitélio estratificado pavimentoso tem várias camadas de células. Um fato muito relevante neste tipo de epitélio é a mudança da forma das células em diferentes alturas da camada epitelial.
As células basais são as mais profundas do epitélio e estão apoiadas na lâmina basal. São poliédricas ou cuboides ou colunares, dependendo da localização do epitélio no organismo.
As células intermediárias da camada epitelial são alongadas e as células mais superficiais são achatadas, isto é, pavimentosas. O nome deste tipo de epitélio deriva da forma das células da camada superficial.

Nos epitélios estratificados pavimentosos há uma contínua produção de novas células na sua porção basal e uma contínua descamação na sua porção superficial.
As células basais se dividem, migram em direção à superfície e lentamente ocupam posições cada vez mais superficiais. Após permanecerem certo tempo na superfície descamam. A migração é simultânea com modificação da forma das células que passa de cuboide ou arredondada para achatada. Ao mesmo tempo as células alteram seu padrão de síntese e produzem novos tipos de macromoléculas.

Este epitélio costuma existir em locais sujeitos a atrito ou forças mecânicas, como por exemplo na cavidade oral, esôfago, vagina. A espessura deste epitélio, isto é, o número de camadas celulares, costuma ser maior em locais expostos a maiores forças.

Erros? Texto pouco claro? Sugestões? Comunique-se com os autores:

Histologia Geral e dos Sistemas: pabrahamsohn@uol.com.br

Histologia Oral: vfreitas3d@gmail.com.

NAVEGAÇÃO NO MOL:

ACESSAR PÁGINA ANTERIOR

ACESSAR PÁGINA SEGUINTE